PJ DETÉM MULHER SUSPEITA DE MATAR UMA MENINA EM TITE

Uma mulher foi detida pela Polícia Judiciária por suspeita de participar no espancamento de uma menina que recusou o casamento forçado, na aldeia de Iusse, setor de Tite, região de Quinará no sul da Guiné-Bissau.

A suspeita acusada pela morte da adolescente de 16 anos no passado dia 3 de agosto, foi detida pela PJ na última semana e vai ser apresentada ao magistrado do Ministério Público para audição e consequentemente a aplicação da prisão preventiva.

Segundo a informação apurada, a adolescente estava a ser obrigada a casar-se com um adulto na localidade de Farma, uma das aldeias do setor de Fulacunda, Região de Quinará, “sem o seu conhecimento, nem consentimento dos pais”.

A menina fugiu da aldeia do marido e voltou para a sua casa, onde foi confrontada pelos “seus responsáveis” que ficaram desapontados pela atitude da menina. Por isso, foi espancada para a intimida-la, mas acabou por falecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.