NOTA À IMPRENSA

A Diretoria Nacional da Polícia Judiciária da Guiné-Bissau abriu ontem, quinta-feira, 28/07/22 um competente inquérito preliminar para apurar as circunstâncias das mortes dos quadrigémeos ocorridas nos serviços da Pediatria do Hospital Nacional Simão Mendes.
O inquérito preliminar corre seus termos na Brigada de Repressão a Homicídios e Ofensas Corporais da Diretoria de Bissau sob competente coordenação do Ministério Público.
Os quadrigémeos, três raparigas e um rapaz, nasceram de parto prematuro no hospital regional de Bafatá, depois evacuados para o hospital Simão Mendes para receberem melhor tratamento médico, onde acabaram por falecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.