PJ da Guiné-Bissau apreende madeira para tráfico

A Polícia Judiciária (PJ) da Guiné-Bissau apreendeu dois camiões com madeira para venda ilegal, anunciou hoje o diretor-adjunto daquela força policial.

“A PJ procedeu à apreensão de dois camiões com contentores de madeira para tráfico. Apesar da moratória que foi determinada, algumas pessoas de forma isolada tentam ainda contrariar estas orientações”, afirmou, em conferência de imprensa, em Bissau, Domingos Correia.

O Governo da Guiné-Bissau decretou em 2015 uma moratória que proíbe durante cinco anos o corte de árvores nas florestas do país.

“Pedimos a colaboração da população, sobretudo, para denunciarem o abate abusivo de árvores”, salientou o diretor-adjunto da PJ guineense.

Na conferência de imprensa, Domingos Correia informou também que a PJ já apreendeu este mês seis quilogramas de cocaína e deteve cinco pessoas, duas das quais das forças de segurança.

Referindo-se aos dois elementos das forças de segurança, o diretor-adjunto da PJ salientou que se tratou de “atos de natureza isolada” e que aquelas pessoas abusaram do exercício das suas funções.

“É determinação deste órgão de polícia criminal combater sem tréguas o fenómeno do tráfico, banir o nome com que infelizmente a Guiné-Bissau tem sido conotada e mostrar o esforço das autoridades no controlo do tráfico de estupefacientes”, afirmou.

A PJ guineense apreendeu este mês, também, uma quantidade importante de medicamentos falsos, provenientes da India.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.